Lu Tudo Sobre Tudo: Fibromialgia o que é e como tratar




Fibromialgia o que é e como tratar

o que é e como tratar a fibromialgia blog Tudo Sobre Tudo


Olá pessoal

E na nossa segunda da saúde vamos falar sobre um assunto bem difícil e doloroso, que as vezes por falta de informação não é diagnosticado corretamente.

O QUE É A FIBROMIALGIA

Segundo a Wikipédia fibromialgia -também conhecida por síndrome de Joanina Dognini- é uma síndrome dolorosa não-inflamatória, caracterizada por dores musculares difusas, fadiga, distúrbios de sonoparestesiasedema subjetivo, distúrbios cognitivos e dor em pontos específicos sob pressão (pontos no corpo com sensibilidade aumentada ou tender-points).
A fibromialgia está diretamente ligada também à fadiga, distúrbios do sono, dores de cabeça, depressão e ansiedade.

CAUSAS DA FIBROMIALGIA

Ainda são desconhecidas, porém existem fatores que estão frequentemente associados a síndrome:

  • Genética: fibromialgia é muito recorrente em pessoas da mesma família, o que pode ser um indicador de que existem algumas mutações genéticas capazes de causar a síndrome
  • Infecções por vírus e doenças autoimunes também podem estar envolvidas nas causas da fibromialgia
  • Distúrbios do sono, sedentarismo, ansiedade e depressão também podem estar ligados de alguma forma à síndrome.
É importante saber que existem alguns fatores de risco, que ajudam o surgimento da fibromialgia, que são:
  • Sexo: a síndrome é mais comum em mulheres do que em homens, em especial naquelas entre 20 e 50 anos
  • Histórico familiar: a doença é recorrente entre membros de uma mesma família, indicando que talvez exista algum fator genético envolvido nas suas causas.
SINTOMAS DA FIBROMIALGIA

  • Dor generalizada: a dor associada à fibromialgia é constantemente descrita como uma dor presente em diversas partes do corpo e que demoram pelo menos três meses para passar
  • Fadiga: pessoas portadores dessa síndrome frequentemente acordam já se sentindo cansadas, mesmo que tenham dormido por muitas horas. O sono também é constantemente interrompido por causa da dor, e muitos pacientes apresentam outros problemas relativos ao sono, a exemplo da apneia e insônia
  • Dificuldades cognitivas: para os portadores de fibromialgia, é mais difícil se concentrar, prestar atenção e focar em atividades que demandem esforço mental
  • Dor de cabeça recorrente ou enxaqueca clássica, dor pélvica e dor abdominal sem causa identificada (Síndrome do intestino irritável)
  • Problemas de memória e de concentração
  • Dormência e formigamento nas mãos e nos pés
  • Palpitações
  • Redução na capacidade de se exercitar.
Infelizmente mesmo a medicina sendo tão avançada não há uma forma de prevenir a fibromialgia, porém existem algumas medidas que podemos tomar  para "conviver" com a doença e, assim ajudar no tratamento:

1  Antes de tudo procure seu médico e relate detalhadamente tudo o que você sente.
2  Como está associado a fadiga, durma o suficiente para que no dia seguinte você esteja descansado.
3  Faça exercícios diários.
4  Tente reduzir o estresse .
5   Tenha e mantenha um estilo de vida saudável.
6   Mantenha um mesmo ritmo de vida.

O importante na minha opinião como sempre digo aqui, é você procurar seu médico e nunca se auto medicar . 
Que você tenha um excelente início de semana e que corra tudo bem!
Super bjs,
Luh

Fonte:  www.minhavida.com.br 

Comentários do facebook
27 Comentários do Blogger

27 comentários:

  1. Super informativo, não sabia nada sobre isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nique
      infelizmente é um problema sem cura, e na maioria das vezes de difícil entendimento até mesmo para os profissionais da área.

      Excluir
  2. Não conhecia nada sobre essa síndrome!
    Post esclarecedor!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mayara
      fico feliz em saber sua opinião sobre esse post. a intenção é justamente esta, trazer informações a todos que como nós as vezes não sabemos.
      bjs

      Excluir
  3. Não conhecia essa doença, é muita coisa que não temos conhecimento nessa vida.
    Graças a Deus não tenho nenhum caso na família.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu ouvi falar pela primeira vez em fibromialgia faz um pouco mais de um ano em uma sessão de "mocha" com um japonês... É uma terapia alternativa e os resultados são ótimos!
    Beijos

    Blog|Canal

    ResponderExcluir
  5. Nunca tinha ouvido falar. Achei bem interessante!
    Adorei.
    Bjus
    Jaque
    www.quebreiaregra.com.br

    ResponderExcluir
  6. Conheci uma professora na escola
    que tem, mais não sabia de tudo isso
    quantos sintomas
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Já tinha ouvido falar sobre essa doença mas não sabia que deixava a pessoa mal em tantos aspectos. Deve ser bem difícil viver com tantos problemas de saúde associados a uma só doença.

    ResponderExcluir
  8. É muito triste saber que essa doença não tem cura, torço para a medicina conseguir alguma tratamento que seja eficaz.

    ResponderExcluir
  9. Bem interessante você relatar sobre a fibromialgia em seu blog Lu, esta ocorrendo com mais frequencia essa doença e infelizmente não tem cura.

    Beijos
    http://www.blogluanamidorie.com/

    ResponderExcluir
  10. Já tinha lido sobre o assunto, mas aqui foi mais completo, é bem difícil de diagnosticar mesmo devido ao sintomas né. Como disse, procurar um médico é melhor opção.
    Bj
    www.blogsemprebelas.com

    ResponderExcluir
  11. Super esclarecedor esse post!
    Não sabia como era a fibromialgia de fato!
    Beijinhos :*
    www.estiloaqualquercusto.com

    ResponderExcluir
  12. Eu acho então que eu sofro de fibromialgia, porque sinto bastante dor e em várias partes do corpo. Vou procurar um médico.
    beijos!

    ResponderExcluir
  13. Nossa que importante sua postagem
    não conhecia essa doença, mas sei que agora tem de se tratar logo
    gostei dos alertas que deu muito bom
    bjs

    ResponderExcluir
  14. Eu sofro de fibromialgia.
    Realmente é terrível as dores dessa síndrome.
    Beijos
    Descolada Urbana

    ResponderExcluir
  15. Tenho uma amiga que tem fibromialgia e é horrível a dor que ela sente.
    Mas eu creio que a cura será encontrada um dia.

    Beijinhos,
    Aline Magalhães
    Alineland

    ResponderExcluir
  16. Esclarecedor Lu.
    Não tinha ouvido falar tão claramente sobre o assunto.
    Parabéns pelo post.
    Bjão

    www.jeanecarneiro.com.br

    ResponderExcluir
  17. Arrasou no post Lú, parabéns por passar uma informação tão importante como essa.
    Beijos
    www.jackiesworld.com.br

    ResponderExcluir
  18. Semore bom se cuidar ne!
    Post super informativo!

    ResponderExcluir
  19. Friso muito a saúde e o bem estar. Suas dicas esto me ajudando muito.

    ResponderExcluir
  20. Nossa, meu Deus nunca tinha ouvido falar. Informacoes mto importantes.
    Quem precisa ler esse post e minha cunhada.
    Mto bom esse post viu.
    Bjos

    ResponderExcluir
  21. Eu não fazia ideia como a doença agia gostei bastante do seu post e foi esclarecedor conhecer um pouco mais a respeito. Beijos

    ResponderExcluir
  22. Adorei os esclarecimentos, minha mãe sofre dessa doença e não é algo fácil de lidar.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que ela precisa arrumar um emprego

      Excluir
  23. Muito informativo, que vergonha :( não sabia nada sobre o assunto!

    ResponderExcluir
  24. Eu sinceramente acho que é doença para priguiçoso

    ResponderExcluir